Terceira idade

Atendimento diferenciado para terceira idade e aparelhos auditivos de alta tecnologia. Faça uma cotação.

Reabilitação Auditiva

O número de indivíduos acima de 65 anos de idade está crescendo, devido a um estilo de vida mais saudável. Por este motivo os profissionais da área de saúde tem que contemplar as necessidades de saúde em longo prazo da população idosa, sendo uma delas a reabilitação auditiva.

Geralmente a população mais idosa tem uma perda auditiva neurossensorial frequentemente do processo de envelhecimento.

Junto com a perda auditiva as pessoas com mais idade tem uma redução na função comunicativa, pois como ela não consegue ouvir e entender o que estão lhe falando, muitas vezes ficam acanhadas em ficar perguntando por várias vezes e acabam se afastando cada vez mais, e isso pode trazer sintomas de depressão. Por este motivo que se detectarmos precocemente a perda auditiva, evitaremos mais este transtorno.

O aparelho auditivo irá ajudar os idosos na comunicação. Atualmente com o avanço da tecnologia temos aparelhos auditivos cada vez mais fáceis de manusear e discretos.

A identificação e a intervenção precoce da perda auditiva são muito importantes para uma melhor adaptação da prótese auditiva.

A terceira idade, ou melhor, a melhor idade

Após aos 60 anos, o indivíduo já passa a ser considerado idoso. Nessa fase da vida muitos sentidos e órgãos do corpo começam a falhar e não é diferente com o ouvido e a audição.
Com a chegada da velhice, as células do ouvido vão morrendo e o resultado disso é a presbiacusia, perda auditiva decorrente da idade.

Os primeiros sintomas da perda auditiva no idoso normalmente são percebidos por familiares que notam que o paciente começa a pedir para repetir várias vezes a fala, colocam a televisão em volume alto e já não participam mais de conversas com muita gente.

Tudo isso são consequências da perda da audição e fazem com que o idoso se isole e evite situações nas quais sabe que vai ter dificuldade para ouvir, como falar ao telefone, ir a um restaurante, ir em uma festa, etc.
Para resgatar a qualidade de vida do idoso com dificuldade para ouvir a melhor solução é a adaptação de um aparelho auditivo, o qual irá auxiliá-lo a ouvir e entender melhor e também o dará mais confiança em participar socialmente da vida.