aasi

Labirintite

A labirintite é uma doença que acomete o sistema vestibular, que tem total relação com o sistema auditivo. É causada por infecções, inflamações ou lesões nos labirintos que causam tontura, desequilíbrio, podendo ter náuseas, vômitos e zumbidos quando atingem o órgão do equilíbrio que são os canais semicirculares. Pode causar perda auditiva total ou parcial quando essas infecções, inflamações ou mesmo as lesões atingem o órgão da audição que se chama cóclea.
Por isso é muito comum uma pessoa que possui labirintite ter perda auditiva. Tendo esses sintomas o mais indicado é procurar um Otorrinolaringologista para uma melhor avaliação e tratamento.



O Zumbido

O Zumbido nada mais é do que um ruído interno, o qual não esta no ambiente e sim apenas no ouvido do paciente. O zumbido costuma vir acompanhado da perda auditiva e é muito comum e presente em idosos.
É o resultado da morte das células do ouvido, que fazem com que o deficiente auditivo ouça sons como apitos, chiados, etc.
Muitas vezes o zumbido aparece antes do sintomas da dificuldade de ouvir. Isso porque o paciente já possui a perda auditiva mas ela ainda esta muito no começo e a pessoa não nota.

Nos últimos anos muitos tratamentos para zumbido estão sendo testados. Porém até agora não se encontrou a cura para o zumbido.
Uma boa indicação é o uso de aparelho auditivo quando o zumbido esta associado à perda auditiva que tenha indicação do uso do aparelho de amplificação sonora individual (AASI).
O aparelho auditivo (AASI) irá incrementar os sons do ambiente e com isso o zumbido fica mascarado e escondido por trás dos sons externos. Para muitos pacientes o uso do aparelho auditivo ameniza bastante o zumbido, que na verdade permanece, mas passa despercebido já que o paciente passa a ouvir melhor os sons externos.



Aparelhos auditivos

Aparelho de Amplificação Sonora Individual (AASI), prótese auditiva ou aparelho auditivo.

Todas as denominações a cima significam a mesma coisa. O aparelho auditivo é um sistema de amplificação e tratamento do som externo que é conduzido para o ouvido do deficiente auditivo. Existem muitos modelos, marcas, tecnologia e recursos que serão empregados de acordo com a perda auditiva e com as necessidades individuais do paciente.

Os aparelhos auditivos são usados com baterias e pilhas que podem durar de 5 dias até 1 mês dependendo do modelo do AASI.

Todos os modelos de aparelho auditivo amplificam o som, porém existem outros tratamentos dados ao som externo que fazem com que o som chegue mais limpo e claro para o usuário. Esses tratamentos do som são feitos por diversos tipos de recursos que um aparelho auditivo pode ter. Quanto mais recursos o aparelho tiver, melhor será sua qualidade sonora.

Os aparelhos auditivos podem ser digitais ou analógicos, sendo os últimos mais simples.