aparelhos auditivos

Reabilitação Auditiva

O número de indivíduos acima de 65 anos de idade está crescendo, devido a um estilo de vida mais saudável. Por este motivo os profissionais da área de saúde tem que contemplar as necessidades de saúde em longo prazo da população idosa, sendo uma delas a reabilitação auditiva.

Geralmente a população mais idosa tem uma perda auditiva neurossensorial frequentemente do processo de envelhecimento.

Junto com a perda auditiva as pessoas com mais idade tem uma redução na função comunicativa, pois como ela não consegue ouvir e entender o que estão lhe falando, muitas vezes ficam acanhadas em ficar perguntando por várias vezes e acabam se afastando cada vez mais, e isso pode trazer sintomas de depressão. Por este motivo que se detectarmos precocemente a perda auditiva, evitaremos mais este transtorno.

O aparelho auditivo irá ajudar os idosos na comunicação. Atualmente com o avanço da tecnologia temos aparelhos auditivos cada vez mais fáceis de manusear e discretos.

A identificação e a intervenção precoce da perda auditiva são muito importantes para uma melhor adaptação da prótese auditiva.

Importância dos familiares e amigos na detecção da perda auditiva

O que percebemos hoje em dia é que cada vez mais cedo as pessoas estão perdendo a audição. O que antes era esperado por volta de 60 anos de idade, hoje a dificuldade de ouvir começa muitas vezes a aparecer em indivíduos mais jovens. Isso é resultado da poluição sonora que estamos expostos.
Com essa exposição contínua aos ruídos, a perda auditiva vai aumentando de forma progressiva e muitas vezes a pessoa não consegue perceber a evolução da perda auditiva. Na grande maioria de vezes, quem percebe que a pessoa esta com dificuldade de ouvir são os familiares e pessoas que convivem com o deficiente auditivo. Essas pessoas percebem que a pessoa com dificuldade auditiva começa a ter dificuldade de entender, pede para repetir frases, escuta TV muito alta e até mesmo se isolam para evitar situações que sabem que não vão ouvir bem, como em uma reunião de família ou mesmo em uma festa.
Com essa percepção, os familiares e amigos são normalmente as pessoas que insistem para o deficiente auditivo procurar ajuda e investir em um ou dois aparelhos auditivos.
O familiar passa a ter interesse em que a pessoa com dificuldade auditiva use aparelho auditivo, pois quer o bem da pessoa e que ela possa participar novamente da vida social. Também quer ter mais facilidade de se comunicar com o deficiente auditivo e evitar situações desconfortáveis como ter que pedir para a pessoa abaixar o volume da TV ou ter que ficar repetindo diversas vezes até que o deficiente auditivo entenda a frase.
No fim das contas, o uso do aparelho auditivo será vantajoso tanto para o usuário, que terá uma qualidade de vida melhor, como para os familiares e pessoas próximas, que irão ver o usuário de prótese auditiva se comunicando melhor e participando mais das conversas. Se você conhece alguém que apresenta sinais de dificuldade auditiva, procure um centro auditivo.



Cuidados com a audição

Muitos fatores podem prejudicar a audição e causar a perda auditiva. A exposição contínua à ruídos muito fortes pode causar uma perda progressiva da audição. Por isso deve-se evitar essa exposição por muito tempo e se ela for necessária é recomendado o uso de protetores auriculares.
O excesso de cera no ouvido também pode causar uma diminuição da audição pois o cerumen, quando em muita quantidade, pode atrapalhar a passagem do som no ouvido.
A cera é importante em pequena quantidade para proteção dos ouvidos, porém quando em excesso deve ser retirada através de lavagem que só pode ser realizada pelo médico otorrinolaringologista. Essa retirada do cerumen em excesso deve ser feita antes da realização da audiometria no caso de acúmulo excessivo de cera, ou mesmo, na presença de rolha de cera para que o exame tenha o resultado correto.



Cuidados básicos com o aparelho auditivo

A prótese auditiva é um aparelho eletrônico e por isso não pode entrar em contato com a água. Essa é uma das recomendações e cuidados mais importantes com o aparelho auditivo.
Outra preocupação é em relação à limpeza. Apesar de não poder ter contato com água, o aparelho deve ser limpo diariamente com um lenço de papel para que se retire o suor e a cera que possa ter restado no mesmo. A cera, ou cerumen, quando acumulada no aparelho auditivo, pode causar sérios danos ao mesmo.
Por ser um aparelho eletrônico delicado, o ideal é evitar quedas do aparelho auditivo.
Tomando esses cuidados, você poderá conservar o seu aparelho auditivo por muitos anos.